terça-feira, 22 de maio de 2012

Be Atriz

para  Beatriz Sobral Vianna






Be Atriz


Beatriz é Azul
Como azul é o Amor
Como Azul é Deus

Um rosado que dança
Um Lápis de Cor
Traçando a herança

O arco-íres das longas tardes 
Que chamamos de  ponte da felicidade
Cortamos assim, o céu cinzento sem fim 
da nossa ingenua mocidade

Um verso-multiverso 
Indecifrável e rítmico
inquieto

Uma nota mental  em neon:
você nunca estará só! somos sóis...
Dançamos na rua, na chuva, com a lua
percorremos quilômetros dentro de nós


Ela canta até dormir
A ultima canção do dia
pra dor sorrir

luz acesa... verdadeira chama
amor que não cansa
alma de atriz, 
num corpo de criança






                                         

2 comentários:

Pedro Vianna disse...

Lindo teu ´poema pra nossa filhota meu amor. Te amo!

Pedro Vianna disse...

Lindo teu poema pra nossa filhota meu amor... Te amamos!